domingo, 20 de abril de 2008

Flores


Em lilás, dourado e branco

as flores de maio descortinaram-se

abriram em abril.

4 comentários:

disse...

Elas deveriam ter esperado até maio, mês do meu aniversário.

[denise abramo] disse...

.
.
.

as cores de abril
os ares de anil
o mundo se abriu em flor,
e pássaros mil
nas flores de abril
voando e fazendo amor

o canto gentil
de quem bem te viu
num pranto desolador

não chora, me ouviu
que as cores de abril
não querem saber de dor

olha quanta beleza,
tudo é pura visão
e a natureza transforma a vida em canção

sou eu o poeta quem diz:
vai e canta, meu irmão
ser feliz é viver morto de paixão

[vinícius de moraes
- especialmente para michele]

Michele Prado disse...

lê, as flores "florescem porque florescem, não se ocupam consigo, não perguntam se são amadas", diz o poema.
Eba! tá chegando o aniversário!

Denise, que lindo poema! parece que vc adivinhou o que eu precisava ler. os versos de vinícius falam por mim. muito, muito, muito obrigada, flor!
beijito.

Serjones disse...

romanticuzinho.